BIM na prática: como funciona?

Adotar BIM na sua empresa de construção é muito mais do que escolher um software de projeto 3D e implementá-lo. É claro que, em algum momento, será necessário trabalhar com modelagem em 3D e detecção de erros, a chamada clash detection, ou compatibilização. Mas a aplicação do BIM na prática é muito maior do que isso, e requer uma mudança de cultura. Mudar, porém, é preciso. E traz muitos benefícios para suas obras.

Uma certa confusão se instalou com a popularização das ferramentas de projeto voltadas para BIM no Brasil. BIM ficou conhecido popularmente como “3D” ou “compatibilização de projetos”. Na verdade, não se trata apenas disso.

BIM envolve todas as etapas da vida útil de um empreendimento, indo desde o levantamento topográfico até a pós-entrega. Erra quem acha que é preciso apenas contratar um consultor de software para trabalhar na sua empresa e já estará trabalhando em BIM. É preciso adaptar os processos de uma empresa em todos os Níveis de Desenvolvimento (LOD).

#Qual o caminho para implementar BIM na prática?

Antes de mais nada, é importante se informar o máximo possível para tomar as decisões corretas. A CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) lançou a Coletânea Implementação do BIM para Construtoras e Incorporadoras em 5 volumes. O volume 2 desta coletânea é um bom ponto de partida para a implementação de BIM nas empresas.

O caminho ideal para implementar BIM:

  1. Definir as etapas do ciclo de vida de um empreendimento realizado pela sua empresa e o nível de envolvimento de diferentes profissionais em cada uma das etapas.
  2. Decidir estrategicamente os objetivos da empresa ao adotar BIM na prática (por exemplo, organizar os dados para facilitar a participação em licitações).
  3. Organizar estruturalmente: contratar uma consultoria de BIM ou capacitar um ou vários membros da sua empresa para implementar o projeto de implantação de BIM.
  4. Estudar casos de uso parecidos com o seu modelo de negócio e elaborar um projeto-piloto para implementação de BIM.
  5. Verificar quais ferramentas de software e hardware serão necessárias para a realidade da sua empresa. Geralmente se utiliza um software CAD (Computer Assisted Design) moderno, voltado para a integração, como o QiBuilder. Também podem ser utilizados softwares que façam Integrações BIM, como o Sienge, por exemplo, que oferece soluções para Integração de Orçamento de Obras em BIM.
  6. Executar o projeto-piloto e definir fluxos de trabalho.
  7. Avaliar o sucesso da implementação, fazer ajustes e definir padrões de qualidade.

Gerente ou Consultor de BIM, onde encontrar?

Um bom consultor para implementar BIM precisa sim entender de software, mas o principal é que consiga entender a cultura e os processos da empresa. Esse conhecimento serve para que ele possa auxiliar na adaptação de todos os membros envolvidos no planejamento e execução de um empreendimento para que consigam desenvolver seu próprio modelo de trabalho em BIM.

A figura desde especialista BIM ou consultor BIM é difícil de encontrar, mas existem profissionais qualificados no Brasil que oferecem este serviço. Uma figura que está em voga é o Gerente de BIM, um especialista em gerenciar os dados dos projetos BIM e integrar o trabalho de vários profissionais de competências diferentes em um único modelo.

Você também pode optar por capacitar alguém da sua equipe que já tenha um perfil gerencial para que se torne um Gerente BIM. Afinal, esse profissional será importante dentro do seu projeto de implementação de BIM. Esse profissional geralmente é um Arquiteto ou Engenheiro especialista em Planejamento de Obras e tecnologia.

Invista em uma Implementação BIM na prática da forma correta e garanta que a sua empresa será referência do que há de mais moderno em matéria de construção!

Se você gostou do material acima leia também
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]