4 dicas para fazer projetos elétricos rápidos e com qualidade

Para fazer projetos elétricos é preciso seguir uma rotina de processos, entre eles, o levantamento de materiais, a elaboração de memoriais descritivos e de desenho das plantas e detalhes. Muitas etapas já podem ser feitas com a ajuda de programas como, por exemplo, os softwares para criar desenhos (CAD). Ainda assim, alguns processos são feitos manualmente, utilizando planilhas e anotações feitas pelo projetista, como é o caso de cálculos de dimensionamento, geração de relatórios e lista de materiais.

Quem faz projetos elétricos conhece a lista de requisitos que devem ser cumpridos para se obter um projeto de qualidade. E tudo tem que ser feito dentro do prazo estipulado. Ou seja, o tempo é precioso. Pensando nisso, listamos 4 dicas para organizar o trabalho do projetista de instalações elétricas e reduzir o tempo de elaboração de projetos.

1. Conheça e planeje o projeto

Antes de colocar a mão na massa, o projetista deve conhecer os requisitos fundamentais para fazer projetos elétricos. Basicamente, um projeto elétrico consiste em quantificar, determinar e localizar os pontos de utilização de energia elétrica. Também inclui o dimensionamento, a definição e a localização de dispositivos de proteção. E ainda há uma série de memoriais, documentos e desenhos para criar.

É recomendável organizar todas essas informações antes de iniciar o projeto. Planeje cada etapa e crie sua check-list para conduzir o trabalho até a entrega do projeto elétrico. Começar um projeto sem conhecer seus itens só vai atrasar o trabalho do projetista.

banner-ebook-guia-boas-praticas-projetos-eletricos

2. Invista em capacitação

Na hora de criar projetos, é muito comum o projetista consultar normas técnicas. Mas para interpretar essas normas e aplicá-las no projeto, o profissional precisa ter uma bagagem de conhecimento técnico. Assim, investir na capacitação técnica, por meio de cursos, participação em feiras e congressos, e na atualização prática — saber quais os novos materiais e tecnologias disponíveis no mercado — são itens importantes para quem quer fazer projetos elétricos mais rápido, sem perder sua qualidade e viabilidade.

3. Comunique-se com os projetistas

Se tem uma coisa que atrasa o cronograma de quem faz projeto é a falta de comunicação entre os projetistas de uma edificação. O ideal é reunir esses projetistas para avaliar as interferências entre os diversos projetos como, por exemplo, arquitetônico, estrutural e hidrossanitário. Caso não seja possível conversar com esses profissionais, consulte com frequência todos os projetos da edificação.

O profissional deve considerar que fazer projetos elétricos é um processo dinâmico. E que todos os projetos da edificação devem estar totalmente integrados. Se, por exemplo, algum item do projeto estrutural é alterado, isso pode impactar na instalação elétrica, resultando em revisões e alterações do projeto. Ou seja, o cuidado tem que ser redobrado, pois se o projeto seguir direto para a etapa de execução, sem considerar as alterações necessárias para compatibilização, pode prejudicar a segurança e eficiência da edificação, gerando mais custos e atrasos no cronograma.

4. Automatize processos

Quem faz projeto sabe que muitos processos podem ser otimizados com o suporte de programas especializados. Neste cenário, saber escolher bons softwares de engenharia e dominar suas ferramentas facilita bastante a rotina do projetista. Atualmente, é possível criar desenhos do projeto, rotinas de cálculos e levantamento de materiais de forma automatizada, inclusive com integração de todos esse dados. Mas isso será tema dos próximos posts.

Percebemos que para fazer projetos elétricos mais rápido e sem perder a qualidade é preciso unir conhecimento técnico e prático, além prezar pela organização e planejamento. Entender a rotina do projetista, organizar previamente as informações, consultar demais projetos da edificação e buscar a automatização de dados são caminhos importantes para tornar projetos elétricos mais ágeis e seguros.
Além de lidar com essas informações, alguns projetistas também lidam com prazos apertados. Saiba como resolver esse imprevisto em Projetos elétricos. Como lidar com prazos apertados?

Ficou com alguma dúvida sobre como fazer projetos elétricos de qualidade mais rápido? Deixe sua pergunta na área de comentários.

Se você gostou do material acima leia também