Nova NBR 5419. Você está preparado?

A nova NBR 5419 começa a valer hoje, dia 22 de junho.

A revisão da norma foi liberada em maio de 2015 e traz novos conceitos para aumentar a segurança de pessoas, estruturas e instalações, inclusive com a necessidade de instalação do SPDA. Vale destacar o capítulo exclusivo que a norma traz sobre avaliação de risco e a forma de seleção do nível de proteção.

As alterações tornaram a NBR 5419 bem extensa (e cara): passou de uma parte de 42 páginas para quatro partes com total de 344 páginas. O valor cobrado pela ABNT é de R$ 818,00, porém é possível ter descontos por meio de convênios como CREA, SEBRAE, etc.

A pergunta que muitos profissionais devem estar fazendo é: o que vai mudar com a nova norma? A quantidade de novas informações requer um estudo detalhado para entender os conceitos e aplicá-los na rotina de projetos, execução e inspeção de forma correta e segura. Na esfera pública, órgãos fiscalizadores, como CREA e Corpo de Bombeiros, deverão investir rapidamente na capacitação de seus agentes para alinhar as fiscalizações com as novas diretrizes para projetos de proteção contra descargas atmosféricas.

nbr-5419-spda

Tenho certeza que o quanto antes os profissionais dos setores público e privado investirem na atualização de seu conhecimento e de suas ferramentas, mais oportunidades e valor agregado terão no seu trabalho. Adianto que as alterações da NBR 5419 vão deixar ainda mais evidente a necessidade do uso de softwares especializados para a execução dos projetos, principalmente para fazer os novos cálculos de avaliação de risco. Isso quer dizer que será preciso dominar as novas regras e também uma ferramenta eficiente para aplicá-las.

Aqui no Mais Engenharia você vai acompanhar posts especiais sobre as principais mudanças, oportunidades e preparações para atender a NBR 5419. Acompanhe nosso blog.

 

Se você gostou do material acima leia também