Projetos elétricos. Como lidar com prazos apertados?

A pressa é inimiga da perfeição e esse ditado vale para a hora de elaborar projetos elétricos.

Hoje em dia, os clientes e o próprio mercado estão cada vez mais exigentes e focados no prazo. Muitas vezes, diante dessa correria, o projetista acaba optando por soluções mais fáceis e rápidas, não priorizando a melhor proposta técnica e financeira.

Como, então, o projetista pode cumprir o cronograma, sem comprometer a qualidade do projeto? Listamos anteriormente aqui no blog 4 dicas para fazer projetos elétricos rápidos e com qualidade, e agora, vamos mostrar os processos que merecem atenção redobrada do projetista. Ao conhecer os pontos críticos de cada processo e o seu impacto no projeto, é possível apresentar um trabalho eficiente dentro dos prazos apertados em projetos elétricos.

Geração de desenho.

É nessa etapa do projeto elétrico que está uma das maiores dores de cabeça do projetista: o encaminhamento e desenho da fiação elétrica. A geração de desenho é um processo cheio de detalhes, no qual é preciso definir o layout dos pontos elétricos, eletrodutos, circuitos e comandos e, ainda, a geração de diagrama unifilares e multifilares. Na hora de gerar o layout, o projetista também precisa evitar a sobreposição de desenho, que pode causar confusão na leitura. E quando o projetista lida com prazos apertados para projetos elétricos deve evitar erros que possam atrasar a execução do projeto.

Dimensionamento do projeto.

Esse processo exige cálculos e consultas a normas técnicas, tabelas de fabricantes, entre outros padrões. Ter um conhecimento prévio desses padrões e se manter atualizado facilita e muito a rotina do projetista. Hoje em dia, já é possível utilizar ferramentas de cálculo automático e reduzir o tempo para elaboração do projeto elétrico, garantindo maior qualidade técnica e confiabilidade.

banner-ebook-guia-boas-praticas-projetos-eletricos

Geração da lista de materiais.

O levantamento da lista de materiais de um projeto elétrico é uma etapa de grande importância. A lista de materiais deve ter equilíbrio e precisão, não apresentando itens a mais que possam comprometer o custo da obra, nem a menos, para não atrasar o cronograma de execução. A recomendação é investir em uma ferramenta que realiza esse levantamento automaticamente. Com prazos apertados em projetos elétricos, o uso dessas ferramentas garante agilidade e segurança na quantidade de itens.

Compatibilização.

A compatibilização se resume a uma palavra: comunicação. O mercado pede qualidade técnica e o projetista deve entregar qualidade e viabilidade, mesmo com prazos desafiadores. Diante dessa pressão, o projetista elétrico não pode esquecer de alinhar seu projeto aos demais itens da edificação. O processo de compatibilização exige uma comunicação muito eficiente entre os projetistas para que seja possível realizar a sobreposição dos desenhos dos projetos, avaliar as interferências e efetuar as alterações necessárias.

Alterações de projeto.

A elaboração de um projeto elétrico é um processo dinâmico e sujeito a alterações em todas as suas fases, devido a interferências com outros projetos, definições do proprietário, restrições técnica e financeiras, entre outros motivos. Nem sempre é possível prever as alterações, mas quando o projetista consulta os demais projetos e acompanha as mudanças (como citado no item de compatibilização), fica mais fácil entregar um projeto de qualidade dentro do prazo.

Já existem ferramentas que automatizam os desenhos, integrando esse processo às rotinas de cálculo e ao levantamento de materiais, o que reduz consideravelmente os erros nesse trabalho de revisão e alteração.

Neste post conhecemos os pontos críticos que impactam a rotina do projetista elétrico. Organizar as informações no projeto e reunir conhecimento para prever problemas e garantir soluções rápidas são ações importantes para o projetista, que além de ser cobrado pela qualidade, também precisa demonstrar agilidade. E essa agilidade pode ser conquistada pela utilização de ferramentas e rotinas que diminuem o esforço braçal. Se você elabora projetos elétricos utilizando CAD e planilhas de cálculo, recomendamos que leia o artigo diferenças entre as ferramentas para projetos elétricos onde faremos um comparativo entre CAD + planilha X software especializado.

Ficou com alguma dúvida sobre como lidar com prazos apertados em projetos elétricos? Deixe sua pergunta na área de comentários.

Se você gostou do material acima leia também