Projetos de engenharia: entenda quais são as etapas

Projetos de engenharia: entenda quais são as etapas

Quem trabalha com projetos de engenharia, mas ainda não sabe como organizar o fluxo de trabalho, chegou ao lugar certo.    

Neste artigo, vamos mostrar as etapas principais para fazer projetos corretamente, sem esquecer de nenhuma verificação importante e atender às necessidades dos clientes.  

Achou que não falaríamos de BIM neste artigo? Quem quer trabalhar com projetos em engenharia precisa saber usar BIM, pois é mais rentável para o projetista e traz benefícios para todo o ciclo da construção civil.   

Continue a leitura para conhecer as vantagens de fazer projetos em BIM e saber quais são as etapas de um projeto de engenharia.  

Vantagens de trabalhar com projetos em BIM  

Antes de mergulharmos nas etapas específicas de um projeto de engenharia civil, é válido compreender as vantagens de empregar o BIM nesse contexto.     

O BIM proporciona a apreciação de problemas de obra ainda nas fases preliminares do projeto +e uma visão integrada de todo o projeto, facilitando a colaboração entre equipes multidisciplinares. Além disso, o BIM também oferece: 

  • redução de erros e retrabalhos;  
  • a otimização do tempo e  
  • a melhoria na comunicação com os stakeholders.     

Para o profissional de engenharia, trabalhar com projetos em BIM representa mais produtividade e maior valor agregado ao projeto. A rotina do projetista também tem benefícios atrativos:   

  • liberdade para trabalhar de onde quiser;  
  • colaboração remota com diferentes profissionais;  
  • possibilidade de agregar serviços, como a orçamentação;    

A seguir listamos as etapas envolvidas no desenvolvimento de um projeto, seja um projeto de estruturas ou de instalações.   

 

Etapa 1 – Briefing com o cliente 

engenheiro analisando briefing do cliente

Briefing com o cliente

Nesta primeira fase é preciso entender a complexidade da edificação, quais são os requisitos do projeto e, claro, os desejos do cliente. O ideal é levantar um checklist com todas as perguntas que vão fundamentar o seu projeto.     

Qualquer detalhe esquecido aqui poderá causar prejuízo de tempo ao engenheiro, ou falha de especificação no projeto de engenharia. Pensando nisso, nós preparamos checklists para utilizar com seu cliente e complementar com mais perguntas, se sentir necessidade.     

Faça o download dos checklists:  

  Com um briefing bem elaborado, projetista e cliente, seja uma construtora ou o cliente final, alinham expectativas sobre o trabalho a ser desenvolvido.  

Etapa 2 – Estudo do terreno 

plantas de projeto de engenharia com ferramentas de criação

Estudo do terreno

Agora é hora de visitar e avaliar o local em que a edificação será construída. É preciso reforçar que existem várias características no terreno que impactam diretamente no projeto de engenharia, especialmente nas estruturas.      

Portanto, é preciso ter atenção aos seguintes critérios:  

  • Topografia;  
  • Níveis do solo;  
  • Interferências naturais;  
  • Vegetação;  
  • Luminosidade;  
  • Ação dos ventos;  
  • Limites;  
  • Construções vizinhas;   
  • Necessidade de drenagem;  
  • Altura do lençol freático.     

O uso do BIM permite integrar dados topográficos de forma eficiente. Isso possibilita uma visualização detalhada do terreno e facilita decisões importantes no início do projeto.    

É importante destacar que a análise deve ser feita presencial, sensorial e de acordo com a lei. Podem ser usados equipamentos de precisão, como tecnologias que capturam informações do local para o modelo BIM. Tudo para que o projeto de engenharia seja capaz de antever problemas construtivos e resolvê-los, aliando segurança à forma arquitetônica.  

Etapa 3 – Verificação das normas e legislações municipais vigentes 

computador ao lado de livros de normas, leis e regulamentações

Verificação das normas e legislações municipais vigentes

Se você está à frente de um projeto estrutural, de instalações, ou multidisciplinar, deverá estar atento às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) que regem cada uma das disciplinas de projeto.     

As diferentes normas, como a NBR6118 para concreto armado, a NBR5410 para as instalações elétricas e NBR5626 para projetos hidráulicos, estabelecem regras específicas para cada situação e necessidade da edificação.      

O projetista deve seguir as regras para cada disciplina com base no briefing do cliente. Isso deve ser feito de acordo com o tamanho e complexidade da obra.     

Além das normas técnicas, é preciso considerar as legislações municipais e estaduais em que a edificação estiver localizada. Por exemplo, um projeto de combate a incêndio deve atender às prescrições legislativas do corpo de bombeiros local. Por isso, é fundamental que o projetista as consulte.    

Confira a seleção de vídeos sobre normas técnicas do nosso YouTube:  

 

Nos projetos em BIM, é possível contar com ferramentas especializadas que realizam verificações automatizadas de conformidade do projeto com as regulamentações locais. Isso economiza tempo e também reduz significativamente o risco de não conformidade.  

Etapa 4 – Alinhamento com o projeto arquitetônico 

plantas de projetos de engenharia, com compasso, lapiseira, miniatura de casa e capacete de construção

Alinhamento com o projeto arquitetônico 

Antes de realmente colocar a “mão na massa” o estruturalista ou engenheiro de instalações deverá receber o projeto de base. O engenheiro deve considerar o projeto arquitetônico e entender as necessidades de cada cômodo. Ele também precisa compreender os objetivos do arquiteto e os desafios a serem enfrentados.    

O BIM facilita esse alinhamento, permitindo que ambas as equipes trabalhem simultaneamente em um ambiente comum de dados (CDE), minimizando conflitos e melhorando a eficiência dos projetos.     

Vale lembrar que a segurança da edificação é primordial. Nesta fase, arquiteto e engenheiro fazem concessões para atender a forma e necessidades da estrutura proposta. Também são definidas as informações para elaboração dos projetos de instalação elétrica, hidrossanitário, preventivos e infraestruturais.  

Etapa 5 – Modelagem

planta de projeto de engenharia com ferramentas de cálculo ao lado de um computador para realizar a modelagem do projeto

Modelagem

A modelagem de projetos é essencial para visualizar, analisar e comunicar as ideias e soluções durante o ciclo de vida de um projeto de engenharia.    

É só nesta etapa que, de fato, inicia-se a produção do projeto de engenharia. Todas as informações coletadas anteriormente serão utilizadas nesta e futuras etapas para a criação da solução.    

Fazer os modelos em BIM proporciona uma representação visual precisa e detalhada de todos os elementos do projeto. Essa abordagem 3D vai além dos desenhos tradicionais, facilitando a identificação de problemas antes da etapa de construção.  

Etapa 6 – Análise   

A análise de um projeto de engenharia civil é a avaliação do desempenho de uma construção em termos de estrutura, função e legislação. Isso inclui a verificação da estabilidade, resistência, segurança, eficiência e conformidade com normas e regulamentações específicas.     

O software Eberick melhora a análise em projetos de estruturas. Ele possui funções que agilizam cálculos complexos. Além disso, garante a conformidade com normas e facilita a comunicação entre disciplinas.    

Saiba mais sobre a análise de estruturas, neste vídeo com o engenheiro Leonardo Peres:

Etapa 7 – Dimensionamento  

Na etapa dimensionamento, é realizado o cálculo e a determinação das dimensões adequadas, bem como das especificações técnicas necessárias para garantir a segurança, eficiência e conformidade de uma estrutura ou sistema.      

Com softwares BIM, é possível analisar carga e resistência, fazer ajustes precisos e garantir que o projeto atenda aos padrões de qualidade.    

Por exemplo, o Eberick melhora o dimensionamento ao usar algoritmos avançados que automatizam álculos complexos, acelerando a avaliação da segurança estrutural. O AltoQi Builder ajuda no dimensionamento eficiente, gerando automaticamente relatórios e documentos técnicos para aprovação do projeto.  

Etapa 8 – Detalhamento  

Por fim, chegamos à etapa de detalhamento. Responsável pela geração de documentos detalhados que orientam a equipe de construção na implementação prática do projeto. O detalhamento é crucial para garantir a clareza, precisão e conformidade durante a construção.    

O detalhamento inclui:  

  • Desenhos técnicos;  
  • Especificações técnicas;  
  • Lista de materiais;  
  • Detalhes construtivos;  
  • Modelos BIM.    

Usuários do Eberick e do QiBuilder têm mais qualidade e produtividade no detalhamento, pois é gerado automaticamente, sem perda de dados.   

Dessa forma, é possível melhorar a qualidade da documentação do projeto, aumentando o valor percebido pelo cliente e sua satisfação.   

Continue aprendendo: confira as recomendações da engenheira Ádila Costa Silva sobre as etapas para realizar um projeto estrutural

E a compatibilização?  

Uma etapa que extrapola a criação de projetos, mas, ainda assim, é essencial que um projetista ou escritório de projetos mantenha atenção é a compatibilização de projetos.   

Este é um aspecto crítico para evitar conflitos e garantir a integridade do projeto como um todo. O BIM destaca-se nesse ponto. Ao utilizar uma plataforma que integra automaticamente todas as disciplinas envolvidas, como o Eberick, o Builder e o AltoQi Visus Collab, é possível identificar e resolver conflitos potenciais antes mesmo de iniciar a construção.   

Essa abordagem colaborativa reduz custos e evita atrasos, proporcionando uma experiência mais eficiente e econômica para o empreendimento como um todo.  

Precisa de ajuda com projetos de engenharia em BIM? Conte com a AltoQi para soluções e apoio. Oferecemos soluções OpenBIM para criação de projetos estruturais e de instalações. Converse com um consultor e conheça os recursos para otimizar seus projetos.   

 

Se você gostou do material acima leia também

A AltoQi
Suporte
Nossas redes sociais
Logo AltoQi
Copyright ©️ 2022 AltoQi - A Tecnologia da Construção.
x